domingo, fevereiro 01, 2015

Ele é sincero. Cheio de palavras úteis e frases completas. Ele está ao lado dela. Seus olhos claros a encaram de uma variedade incrível. Não pisca. Balanceia sua mente com suas prioridades e as prioridades dela. Ele presta bastante atenção nela. Seus lábios finos endurecem e suas sobrancelhas desenhadas e grossas se curvam. Sua cabeça permanece na direção em que ela se encontra. Sem receio, sem dúvidas e sem nenhuma pausa dramática diz:

- Eu te amo.

As bochechas dela coram. O coração da menina acelera e seu lábio inferior é mordiscado. Toca em seu cabelo como uma mania imperceptível. Ele pede sinceridade no olhar, ela sabe que não deve mentir. Nunca deve mentir pra ele. Ele sabe da resposta que vem adiante e não apressa ou desvia a atenção. Ela, com seus olhos grandes e queixo pequeno retruca na mais pura verdade que seu coração possa lhe fazer sentir:

- Eu estou começando a te amar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário