domingo, março 22, 2015

GUILTY?

Então... Sabe quando tudo está bom demais para ser verdade? Acho que toda vez que seu coração pulsar calmamente uma hora ele ficará mais veloz simplesmente pelo fato de que nunca tudo está bem. Nunca todos ficam bem ao mesmo tempo.

Posso resumir minha vida em algumas linhas? Tenho amigas suficientes em quem posso confiar, tenho um namorado que é apaixonado por mim, tenho a melhor família do mundo e tenho parte do meu futuro. Contudo acho que venho suportando alguns mal entendidos. Estou tão a vontade com meu namorado que deixei tudo para segundos planos, mas não é bem assim não. Não sou submissa a ninguém ou então não estou pensando seriamente em largar tudo e ir para Las Vegas com ele. A questão é que não será assim por muito tempo. Como assim? Bem, esse início de namoro é sempre muito bom, é sempre bem fácil de lidar com as situações, as briguinhas são sempre inúteis... Depois ambos amadurecem. Uma hora amadurece gente. Ambos começam caminhadas a longo prazo rumo ao que pretendem fazer daqui a algum tempo. E como minha primeira experiência namorando, digo que isso é passageiro, essa "obsessão pelo meu namorado".

Quero muito que as pessoas ao meu redor entendam que não quer dizer que a partir de agora eu vou andar com meu namorado dentro da minha bolsa ou vou fazer uma coleção de seus fios de cabelo. Só quero que compreendam que é novidade pra mim. Que é bom e que não será chiclete pelo resto da minha vida. Que não é ruim se apaixonar só um pouquinho e sublinhar ele na minha vida como todas as outras pessoas importantes pra mim. Lógico que ainda teremos um enorme carinho um pelo outro, e tardes serão longas se não nos vermos, mas existirão outras prioridades e disso vamos muito bem dar conta. Não vamos respirar um ao outro 24horas. Ora seremos como Sam e Frodo e ora seremos como o trânsito da linha amarela.

Meu coração mole está dividido em partes iguais e assim será. Nem sempre a Gabriela de agora vai agir que nem a Gabriela da semana passada. Não fui programada, não tenho script e não vivo num filme pois não me recordo de incorporar nenhuma personagem.

Untitled


Nenhum comentário:

Postar um comentário